quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Vocês acham que os parlamentares custam muito ao governo? Pois saibam que APENAS O AUXÍLIO-MORADIA do Judiciário equivale ao salário de todos os deputados e senadores JUNTOS

AUXÍLIO-MORADIA DE JÚIZES CUSTARÁ O EQUIVALENTE AO SALÁRIO DE TODO O CONGRESSO
Só o auxílio-moradia dos magistrados pelo país afora custará algo em torno de R$ 1 bilhão por ano(Foto: Tribunal de Justiça do Paraná)Os benefícios do Judiciário: apenas o auxílio moradia dos juízes tem o mesmo valor de salário de todos os parlamentares juntos (Foto: Tribunal de Justiça do Paraná)
Por Rogério Galindo, para o jornal Gazeta do Povo, de Curitiba
Você acha que os salários dos deputados federais e dos senadores são altos, que eles custam demais para o país? Ok. Pode ser mesmo. Todas as estatísticas mostram que o parlamentar brasileiro (contando custos com assessoria, gabinete, custeio etc.) é um dos mais caros do mundo.
Segundo o site Congresso em Foco, contando apenas o salário e os penduricalhos dos parlamentares, o gasto anual do Brasil com os seus congressistas é de R$ 1,1 bilhão. Muita coisa, claro. Mas é o preço.
Agora, veja só. O Judiciário, que costuma passar muito mais abaixo do radar, até por não ter eleições diretas para se decidir quem ocupará os cargos, custa muito, muito mais caro. A conta que faz perceber isso é a seguinte: os cálculos do governo são de que só o auxílio-moradia dos magistrados pelo país afora custará algo parecido: R$ 1 bilhão por ano.
Ou seja: nossos juízes estão prestes a consumir os salários de 594 parlamentares (caros) em apenas um benefício extra, que agora está sendo estendido até mesmo para os aposentados.

PADRE TOM PERIGANDO IR PARA O INFERNO

 

Tenho o maior respeito pelo Padre Ton, o conheço bem antes dele ser ser deputado federal pelo PT. Bem antes de ser prefeito de Alto Alegre e por conta disso estou deverasmente preocupado com o seu destino ao  passar dessa vida terrena para a vida eterna. 

O razão  dessa minha preocupação foi motivado pelo o que disse o deputado Padre Tom no mês de setembro, durante entrevista ao radialista Hamilton Alves, apresentador do programa Abrindo o Jogo, da rádio Nova Jaru FM, Padre Ton afirmou que o Governo Confúcio   “roubou e continua roubando” e que por isso iria “direto pro inferno”.

Na entrevista, que abriu a série com todos os candidatos ao governo, Padre Ton afirma textualmente que o “atual governo roubou. Roubou a saúde e quem rouba da saúde vai direto pro inferno”, vaticinou, acrescentando que “foram presos sub-secretários da saúde e, da casa do governador, foram presos assessores (sic) do governo”, disse numa referência ao afilhado do governador Rômulo da Silva Lopes, que foi tirado pela Polícia Federal de dentro do apartamento do governador, onde morava, e levado preso por envolvimento com a quadrilha que, nas palavras do Padre Ton, “roubava” recursos da saúde.

Hoje em dia ser do PT Já é um indicativo de desvio da ética e da moral e apoiar o PMDB é um agravante e como no dia 11/10, após a reunião da executiva estadual do PT em Porto Velho, o partido selou o apoio ao candidato do PMDB, Padre Tom é hoje, pelo menos em tese farinha do mesmo saco. 


Mesmo Padre Ton justificando que a decisão era “o caminho mais natural e comprometido com o povo de Rondônia”, ele carece de muita oração para não correr o risco de ser companheiro LULA nas terras de lúcifer. 

Se quem apoia pessoas que roubou a saúde também for para o inferno o Padre Tom tá ferrado. 

Existe um ditado popular que diz: diga-me com quem andas e te direi quem és. Você já ouviu falar? Em parte é verdade e em parte não. Judas andou com Jesus e não era de Jesus. Espero que o deputado esteja, mas não seja PMDB. Por que do contrário Padre Tom corre um grande risco de acompanhar o Dr. Confúcio em sua morada final.

Governo à venda

 

Por: GÉRSON COSTA

21102014-182230-gerson_artigo.png
Na leitura das delações premiadas do ex-secretário-adjunto da Saúde, José Batista da Silva, e do afilhado do governador Confúcio Moura, Rômulo Lopes, fica clara a intenção do grupo político chefiado pelos familiares do governador em transformar o Governo de Rondônia em um balcão de negócios, colocando a venda para quem pagasse mais propina as licitações na Saúde, Educação, Segurança Pública e Finanças. Para quem conhece Rondônia, esse esquema montado por assessores e parentes de Confúcio Moura não é novo. Observa-se as digitais do PMDB, responsável pela venda do nosso patrimônio no passado, a exemplo da extinta Ceron, e a falência de outros organismos, como o Beron. Esse mesmo grupo, liderado por antecessor de Confúcio, foi obrigado a assinar um termo com o Governo Federal concordando em demitir mais de 10 mil pais de família. A bomba acabou explodindo no colo do ex-governador José Bianco (DEM), já que na época não poderia fazer nada, a não ser cumprir o acordado, sob pena de responder cível e criminalmente por suas ações.

Em quatro anos de Governo, a gestão de Confúcio Moura funcionou muito bem para os amigos da corte. Emerson Castro, secretário de Educação; e Marco Antônio Faria, secretário-chefe da Casa Civil, ganharam fortunas através de negócios com o mesmo Governo que defendem a todo custo. O caso envolvendo Emerson Castro foi desnudado por este Rondoniagora em duas matérias (http://www.rondoniagora.com/noticias/empresa+da+esposa+de+secretario+tem+contrato+ilegal+no+governo+2014-10-20.htm). Já o secretário da Casa Civil faturou R$ 1,3 milhão alugando as instalações de sua faculdade , a Fatec, para abrigar alunos da Escola Brasília, que passa por reforma há mais de 3 anos(http://www.rondoniagora.com/noticias/secretario+da+casa+civil+fatura+r+13+milhao+alugando+predio+para+educacao+2014-02-23.htm).  A empreiteira Genesis Terraplanagem, Mineração e Comércio EPP Ltda não conseguiu receber as medições e a obra parou.

Na propaganda eleitoral, o marketing de Confúcio Moura o coloca como homem íntegro, equilibrado e excelente gestor. De fato, bom gestor para seus amigos, parentes e assessores palacianos. Mas para o povo, um péssimo governador. Falo com convicção de quem conhece Porto Velho e seus problemas crônicos dos bairros. Vamos listar algumas ações ditas no Horário Eleitoral que não passam de pacotes de ilusão vendidos pelos produtores de Confúcio Moura.

Em outubro de 2013, o Departamento de Comunicação Social (Decom) do Governo anuncia o asfaltamento de 150 quilômetros ruas de Porto Velho através do programa Asfalto Bom, projeto eleitoreiro tocado pelo ex-diretor Lúcio Mosquini. Passado 1 ano, nem 10 quilômetros de ruas na Capital receberam asfaltamento. É simples provar. Basta visitar os bairros e conferir. A própria equipe do prefeito Mauro Nazif (PSB) sabe a verdade, mas se cala porque indicou o vice da chapa de Confúcio. Cadê, senhor governador, a conclusão das obras da rua da Beira? Lanço um desafio público: qualquer assessor desse Governo pode provar que realmente foram asfaltados 150 quilômetros de rua. Me dê dados concretos que irei atrás para comprovar a veracidade da informação. Se tiver errado, vou me corrigir publicamente. Mas acho difícil alguém aceitar tal desafio, muito menos esse vendedor de ilusões.

A Saúde pública também melhorou, dizem os marqueteiros do governador. Quantos exemplos de temos de mulheres que aguardam até 3 meses para fazer um simples exame de mama. A reforma das enfermarias do Hospital de Base, a construção do anexo do Hospital de Câncer, e a nova Policlínica Oswaldo Cruz foram executadas graças a iniciativa de terceiros, e não desse Governo oportunista.  O médico Jean Negreiros, ex-diretor do Hospital de Base, chutado pelo atual secretário Williames Pimentel, é prova viva do que estou falando. O dinheiro das reformas foi repassado pelos consórcios das usinas do Madeira como compensações sociais. Jean é diretor administrativo do Hospital de Câncer e quantas vezes reclamou do atraso de 3 meses do pagamento do convênio firmado entre a Fundação Pio XII, mantenedora da unidade rondoniense, e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). É imoral o que a equipe de Confúcio Moura está fazendo na televisão. Enganando o eleitor, fazendo acreditar que Confúcio é o melhor político que Rondônia já teve pelas obras implementadas em sua gestão.

Você, leitor, em dúvida, pegue esses dados. Pesquise e veja que não há mentira no texto. Nós todos fomos as ruas no ano passado exigir mudança. A oportunidade está aí, não nos deixemos nos enganar por artimanhas de vídeo e de marqueteiros contratados a peso de ouro para nos enganar. Acorda Rondônia, acorda Brasil!
Fonte: Gérson Costa
Autor: Gérson Costa

Renata Pinheiro

Renata Pinheiro (Foto: Mia Vargas/Divulgação)

Datafolha mostra reação de Dilma na reta final

Hoje

 

Divulgada mais uma pesquisa Datafolha para o pleito nacional. Saiu hoje.
Veja abaixo os números válidos:
Presidência
Dilma Rousseff (PT) – 52%
Aécio Neves (PSDB) – 48%
O Datafolha ouviu 4.355 eleitores no dia 21 de outubro em 256 municípios.
A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01160/2014.
Veja mais detalhes AQUI.
Categoria(s): Política

O polêmico acordo ortográfico

Que tal botar as palavras seção, sessão e cessão no baú que ainda guarda a cartilha do ABC e reduzi-las a uma só grafia —sesão? E, sem qualquer preocupação com a origem das palavras, escrever xave e nãochave?
É isso ai. O novo acordo ortográfico continua a dividir opiniões de gramáticos. O filólogo Evanildo Bechara defende o acordo e bate forte contra a proposta do especialista Ernani Pimentel, que deseja ver ampliadas as alterações na língua portuguesa.
Coube à Comissão de Educação e Cultura do Senado colocar o assunto em debate nesta semana. E pouco pode fazer além de convidar as pessoas envolvidas para expor as suas opiniões, pois a Comissão não pode alterar o acordo, papel reservado ao Executivo, em entendimento com os demais países signatários do acordo ortográfico.
O professor e filólogo Evanildo Bechara, membro da Academia Brasileira de Letras, defende o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, enquanto Ernani Pimentel, presidente do Centro de Estudos da Língua Portuguesa, cobra maior simplificação gramatical.
Pimentel lidera o movimento que defende o critério fonético — a escrita das palavras orientada pela forma como se fala. Por esse critério, chave seria escrita com x (“xave”), sem preocupação com a origem das palavras.
“O ensino baseado na pseudoetimologia é dos séculos que se foram. Podemos agora discutir formas mais objetivas e racionais”, opina Pimentel.
Já o gramático Bechara considera que a simplificação fonética, “aparentemente ideal”, resultaria em mais problemas que soluções, pois extinguiria palavras que têm o mesmo som, mas com escrita e significados diferentes. E cita como exemplo as palavras seção, sessão e cessão, que ficariam reduzidas a uma só grafia — sesão.
O professor Pimentel sugere ainda eliminar o H e alterar as regras de uso do S, C, Q, J e G. Ficaríamos com: OJE, QEIJO, XAVE, ESESÃO e EZERSÍSIO. Polêmico, não?
O professor Ernani Pimentel sentencia: “As pessoas não estão se importando com o significado”.
Evanildo Bechara lembra ao longo de todos os debates em torno do assunto que a opção por uma escrita fonética, em Língua Portuguesa, já foi rejeitada no século XIX:“É preciso trabalhar para que a coletividade escreva o português de uma maneira única, mas quem deve propor as regras são os técnicos, as academias e as universidades”.

Convidada para o debate, Thaís Nicoleti, consultora de língua portuguesa do jornalFolha de S. Paulo, elogiou o acordo ortográfico e defendeu o aprimoramento do ensino de português nas escolas brasileiras, com exigência de mais leitura.

GeralRolim de Moura:Prefeitura realiza vacinação antirrábica neste sábado


Cães e gatos, a partir de três meses de idade, devem ser vacinados contra a raiva.
Tamanho da Fonte
Fonte: Assessoria Rolnews
Publicado por: Rolnews.com.br em 21/10/2014 às 15:59:54
A Prefeitura de Rolim de Moura, através do Centro de Zoonoses do município, realiza neste sábado (25) a vacinação de cães e gatos contra a raiva animal. Pets com idade acima de três meses devem ser levados a um dos 24 postos de vacina espalhados por todos os bairros da cidade.
 
Segundo o médico veterinário do município, Alex Farto, uma grande estrutura foi montada para atender a população no período das 08h às 12h e das 14h às 17h. Ele diz que, no total, estão disponíveis mais de 18 mil doses do medicamento que inibe a transmissão do vírus e que a estimativa é vacinar 14 mil animais.
 
“A vacinação acontece no sábado na cidade e daí por diante segue um calendário especial na zona rural do município. Do dia 27 deste mês até o dia 10 de novembro, a cada dia a equipe estará em uma linha vicinal esperando os animais dos sítios, chácaras e fazendas”, argumentou.
 
Farto também explicou que o último caso oficial de raiva canina/felina em Rolim de Moura foi registrado no ano de 2002. De lá para cá não houveram mais registros da doença, graças ao empenho da população em vacinar os animais. Este ano a equipe também conta com o apoio do curso de veterinária da UNIR.
 
Os postos de vacinação
 
Os postos de vacinação no sábado serão os seguintes: Funasa e Aluízio Ferreira (Centro); antigo campo do Kluska (Industrial); Escola Tancredo e Associação dos Moradores (Beira Rio); Hospital Municipal e Escola Monteiro Lobato (Planalto); Escola Ulisses Guimarães, Policlínica, Centro de Convivência do Idoso e Posto Solar (Boa Esperança); CTG e Associação de Moradores (Olímpico); Dina Sfat (Bom Jardim); Centro Comunitário (Centenário); Rua C. das 10h às 11h (Jardim Eldorado); Escola CDA e Bar do Betin (São Cristóvão); Igreja São Tiago e Escola Nilson Silva (Jardim Tropical); Campo, Escola Priscila, Posto Mais e ginásio (Cidade Alta).

ELEIÇÕES 2014


Ricardo Alexandre compartilhou o vídeo de PSDB.
11 h · 
622.287 Visualizações
Uma surpresa pra você! Uma música que embalou o Brasil, agora embala a reta final da campanha.
Cante junto. Vem com a gente!
♫ ♪ Olha o Brasil chamando
Pode vir, pode chegar
Juntando o país inteiro, ninguém vai nos segurar
Quem tá querendo crescer
Quem tá querendo mudar
Quem quer um país melhor
Funcionando, vem também, vem cá
Fazer o gigante levantar, que a mudança começou
E o futuro já mandou chamar
Agora é Aécio! Vamos lá!
É o Brasil inteiro querendo mudar! ♪ ♫

DERROTADO PARA O SENADO, SUPLICY RECEBE PRESSÃO FAMILIAR PARA DEIXAR O PT.

 


76io67io67

Tio Eduardo, você tem meu carinho e admiração de forma enorme, é uma pessoa extremamente especial e que respeito muito por todos os valores e tudo o que acredita, mas acho importante deixar claro o que vejo por aí e também o meu pensamento. De cada dez pessoas que eu conheço, posso dizer que 9,8 delas eram suas eleitoras sempre, mas hoje a grande maioria deixou de ser. Porém, absolutamente nenhum foi porque deixou de lhe admirar ou qualquer coisa parecida, mas pela decepção do senhor dar força ao PT e ainda estar no partido”.
É essa a avaliação que a família do senador Eduardo Suplicy (PT-SP) faz da derrota dele nas eleições em São Paulo. A crítica faz parte de um e-mail que uma sobrinha de Suplicy enviou a ele na semana passada, lamentando o resultado das urnas e tentando explicar porque, mesmo sendo admirado pela maioria dos eleitores, o político não conseguiu votos suficientes para se reeleger senador. O texto foi mostrado por Suplicy como um lamento do parlamentar, que em fevereiro, início da nova legislatura, passará sua vaga ao tucano José Serra.
A sobrinha pede que Suplicy saia do PT para preservar sua imagem íntegra e acredita que a defesa que ele faz do partido é o que o fez perder votos. Em outro trecho do e-mail, ela indica também que esse é o entendimento da maioria dos parentes e amigos do senador.

O maior avião já fabricado no Brasil

A Embraer apresentou nesta terça-feira o primeiro protótipo do cargueiro KC-390, o maior avião já desenvolvido e produzido no Brasil.16980506
A aeronave de transporte de tropas e cargas e de abastecimento em voo está sendo desenvolvida há anos em parceria com a Força Aérea Brasileira (FAB), que em maio último assinou contrato firme por 28 unidades.
— É um projeto de Estado… Tudo aquilo que fazemos com aqueles velhos (cargueiros) Hercules que estão se aposentando no mundo inteiro poderemos fazer com o KC-390 — afirmou o ministro brasileiro da Defesa, Celso Amorim, referindo-se aos aviões da norte-americana Lockheed que serão substituídos pelo cargueiro da Embraer na frota da FAB.
Os ministros da Defesa de Portugal e da Argentina e o comandante da Força Aérea da República Tcheca estavam entre as autoridades estrangeiras na cerimônia de apresentação do KC-390.
Os três países são parceiros industriais da Embraer no desenvolvimento do cargueiro e estão entre as nações com carta de intenção para compra do avião.
O KC-390 ainda precisa realizar testes em solo antes de fazer os primeiros voos teste até o fim deste ano. As entregas começarão em 2016.
Deu em O Globo

EU TAVA LA E REGISTREI


Sábado, 18/10, foi comemorado os aniversários dos jovens, Leandro Cunha dos Santos, 14 anos e Rodrigo Siqueira Barbosa, 24 anos. Leandro é neto de seu Dito e Dona Marlene, Lh 180 Norte. Festa das grandes. Uma novilha, dois carneiros, tambaqui assado na brasa e cerveja em  quantidade. Tava la seu Julinho da Cerealista Alto Alegre com seus filhos, um deles é vereador em Alto Alegre, Nego Vereador, pré-candidato a prefeito em 2016. Tava o Cesar, Valtão da AGROMO, Paraíba Advogado, Dr. Daniel e eu vou parar por aqui até por que não sou colunista social. Parabéns jovens aniversariantes, juízo e muita dedicação nos estudos.









 Fabiano e Raiane Suruí
 Fabiano e Oixener Suruí
 Eu e Dona Marlene






 Seu Dito, Leandro e Dona Marlene




 Meu irmão Diogo
 Paraibinha Advogado, seu Dito e Dr. Daniel
 Cesar de Alto Alegre
 Cesar e Nego vereador, la de Alto Alegre


 Sedu Julinho



 Seu Dito com as duas mãos ocupadas
 Toni, charrasqueiro e cantor. Toni canta na noite e é um dos melhores da região.



 Adelane, minha prima e esposa do Cacique Almir Suruí. Almir se encontra na Suíça.

Todos unidos contra o PT

 

Rodrigo Constantino

PSDB nunca foi um partido de direita, e sim de centro-

esquerda. Só que uma esquerda civilizada, democrática

Sindicalistas, evangélicos, ambientalistas, liberais, conservadores e social-democratas: há de tudo na enorme coligação unida em torno da candidatura de Aécio Neves. O tucano, seguindo os passos de seu avô Tancredo, soube costurar acordos com base programática e construir pontes para ligar diferentes grupos em torno de um objetivo comum: tirar o PT do poder, preservar nossa democracia e fazer a economia voltar a crescer.
Em pânico, o PT acusa o tucano de “reacionário”, de “neoliberal” ou de “inimigo dos pobres”. Mas o PSDB nunca foi um partido de direita, e sim de centro-esquerda. Só que uma esquerda civilizada, democrática, nos moldes da social-democracia europeia, enquanto o PT flerta com a esquerda retrógrada, autoritária, defensora dos piores regimes ditatoriais do mundo.
Que direita é essa que junta Marina Silva e Eduardo Jorge, ambientalistas que militaram na esquerda a vida toda? Sim, é verdade que o Pastor Everaldo e Jair Bolsonaro também apoiam Aécio. Mas isso só mostra como existe um gigantesco campo ideológico em torno de sua candidatura, justamente porque há uma prioridade mais urgente e comum a todos, que é impedir o Brasil de se tornar a próxima Argentina ou Venezuela.
“Chegou o momento de interromper esse caminho suicida e apostar, mais uma vez, na alternância de poder sob a batuta da sociedade, dos interesses do pais e do bem comum”, escreveu Marina Silva em sua carta de apoio ao tucano. Ela está certa: ninguém aguenta mais o PT no poder, esse modelo ultrapassado, corrupto, incompetente, que pode significar nosso suicídio coletivo se durar mais quatro anos.
A classe média, odiada por Marilena Chauí, a filósofa que acha que o mundo se ilumina quando Lula abre a boca, não suporta mais tantos impostos, tanta corrupção, tanto descaso do governo. Não é “fascista”, como diz a “intelectual” sob aplausos de Lula, e sim trabalhadora, e quer apenas melhorar sua condição de vida, impossível com tantos obstáculos criados pelo próprio governo.
Os mais pobres também querem mudanças, como as pesquisas e os votos comprovam. Mas muitos ainda temem a perda de algumas conquistas, graças ao intenso terrorismo eleitoral do PT. A “justiça social” é mais um mito criado pelos petistas. As conquistas verdadeiras foram plantadas antes, pelo próprio PSDB, como no Plano Real, que controlou a inflação, e que teve a oposição petista.
Mesmo o Bolsa Família não é mérito do PT, pois, como o próprio ex-presidente Lula já reconheceu, a ideia partiu de um tucano, o governador de Goiás, Marconi Perillo. O PT apenas uniu programas sociais existentes, e, em vez de criar portas de saída e torná-lo política de Estado, como propõe Aécio, preferiu manter cada vez mais gente dependendo do seu governo. Justamente para usar a ameaça de que os pobres perderão o benefício se não votarem em Dilma, o que, além de mentira, é o resgate do velho e nefasto voto de cabresto.
Quando o PT resolveu inovar em programas sociais, nasceu o Fome Zero, um retumbante fracasso. Enquanto o projeto nem saía do papel, Lula já tentava vendê-lo ao mundo todo, de forma arrogante. Como podemos ver, o PT teve no campo social coisas boas e novas, mas as boas não eram novas e as novas não eram boas. Partido dos pobres com foco no social? Não cola.
Até mesmo na questão do salário mínimo, que Dilma tem usado para atacar Aécio, seu governo se sai pior do que o de FH. Durante a gestão do tucano, o salário mínimo se valorizou 4,5% ao ano, enquanto no período Dilma aumentou apenas 2,5% ao ano, em termos reais (descontada a inflação). Será que Dilma representa efetivamente os mais pobres?
Claro que não. Dilma e o PT representam a velha política, o fisiologismo corrupto, o aparelhamento da máquina estatal, a compra escancarada de votos, os subsídios bilionários para grandes grupos em troca de apoio político. Se Marina e Eduardo Jorge estão com Aécio, Sarney, Collor, Renan Calheiros, Jader Barbalho e Maluf estão com Dilma. Sem falar da turma presa na Papuda, daqueles que nos roubaram e que o PT ainda defende como seus “heróis”.
Uma quadrilha se instalou na Petrobras para se apropriar do dinheiro do povo brasileiro. Quem diz são os próprios criminosos do esquema. Grandes empreiteiras e políticos ligados ao PT desviando bilhões, enquanto o trabalhador acumulava enormes prejuízos em seus investimentos na estatal por meio do FGTS. Governo dos trabalhadores?
Não dá mais! O povo quer mudança. Direita e esquerda, estão todos unidos contra o PT, contra as forças reacionárias, populistas e corruptas deste país.
Rodrigo Constantino é economista e presidente do Instituto Liberal

 

Cearense usa hipnose para agarrar gordinha

 

Uma mulher de 55 anos que enfrentava problemas de autoestima, relacionados à obesidade, resolveu recorrer às habilidades de Sinaldo Bataria, de 29, especialista em hipnose terapêutica em Fortaleza. Depois de algumas sessões, Sinaldo começou a apimentar a relação com a paciente hipnotizada, passando a fazer perguntas sobre sexo. Em seguida, sob o comando do picareta, a vítima já estava sem sutiã e sem as calças. O hipnoterapeuta fez com que a mulher acariciasse os seios e depois ele mesmo assumiu as carícias. 
Quando Sinaldo colocou a mão dentro da calcinha da vítima, ela saiu do transe.
Sinaldo defendeu a sua conduta dizendo que a questão sexual era a raiz dos problemas enfrentados pela paciente, que deveria ter uma melhor relação com o próprio corpo.
A consulta custou 220 reais.
Em tempo:Sinaldo tá em cana.

Expedito diz que Confúcio faz o governo da enrolação

Embora o candidato à reeleição afirme que a área de saúde estadual está excelente quanto ao atendimento da população carente de Rondônia, o Sindicato dos Médicos alerta que a UTI Neonatal corre o risco de não conseguir fechar os plantões mensais porque vários especialistas pediram demissão e foram trabalhar em outros estados que possuem uma carreira e remuneração mais atrativas que Rondônia.

O candidato Expedito Junior (PSDB) garantiu que tem como proposta melhorar a saúde implementando o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração e colocando em prática a regionalização para que o atendimento na atenção básica no interior do estado funcione corretamente. Junior disse que vai dialogar com todos os segmentos que compõem a saúde para encontrar as saídas de forma negociada, em particular quanto à questão salarial.

"Destinar recursos para Saúde e Educação não é gasto, é investimento. Tenho consciência do tamanho dos problemas que vamos enfrentar a partir de janeiro e vou indicar para os cargos comissionados das pastas pessoas que conheçam a área e com experiência. Não é possível melhorar a saúde e educação sem ouvir e prestigiar quem de fato esta dentro do sistema e sabe diagnosticar os problemas, apresentando as soluções. Chega de improviso e enrolação. Confúcio Moura loteou o governo com os políticos e os partidos aliados e o resultado é catastrófico. Um dos gargalos é a corrupção. É revelador o silêncio do governador em relação as denúncias de corrupção que foram divulgadas a partir da delação premiada feita por José Batista, ex-homem de confiança do governador. Confúcio se calou e faz de conta que as denúncias de corrupção envolvendo seus parentes não existem. Querem ainda mais quatro anos? Pra isso?", desabafou Junior.

De acordo com o sindicato, nos últimos cinco anos o número de cirurgiões vasculares caiu pela metade e de lá pra cá não se operam mais varizes no serviço público. Muitos pacientes estão ficando incapacitados para o trabalho e o problema já se tornou um caso de saúde pública, como já atestou o próprio MP.

Para piorar, segundo um dirigente sindical, o estado conta na capital com três cirurgiões pediátricos e no interior existe apenas um, muito menos do que há cinco anos. As filas para as cirurgias pediátricas são enormes e os casos mais graves são os priorizados por profissionais abnegados que se desdobram para evitar o caos. O estado criou várias vagas de UTI, mas não tem médicos intensivistas para ocupar estas vagas, por isto coloca médicos sem a especialidade para cuidar dos casos graves.

"Só existem hoje no serviço público do estado dois cirurgiões cardíacos, exatamente a metade do que havia há dez anos. Ou seja, fica impossível que os pacientes cardíacos tenham um tratamento adequado" revela um sindicalista que optou em manter o anonimato.

Recentemente o estado pressionado pelos sindicatos, pelo MP e pelo TCE abriu um concurso público. Mas só ofereceu uma vaga em cada especialidade. O que revela o descaso com o setor, embora o governo se regozije com as compensações arquitetônicas.
Assessoria

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Com o dedo na ferida da mentira terrorista...


Cem anos depois, expedição irá refazer o trajeto de Rondon e Roosevelt


Um grupo de quatro pessoas pretende refazer pelo Rio Roosevelt o trecho percorrido em 1914 pelo Marechal Cândido Rondon e pelo então ex-presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt, viajaram de canoa cerca de 700 km pelas águas. Na época, o rio que hoje leva o nome do líder americano ainda era desconhecido.  
A expedição foi idealizada pelo engenheiro mecânico Marc André Neyers, que é professor da Universidade de San Diego, na Califórnia (EUA). O Brasileiro de dupla cidadania contou, em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, 20, na sede da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), que a idéia surgiu a cerca de dois anos, quando ele ganhou de presente de uma amiga o livro “O Rio da Dúvida”, da escritora Candice Millard, que trata relata daquela aventura. 
Com Marc, veio dos EUA o também engenheiro mecânico e produtor Jeffrey Lehmann, que será o responsável pela captação de imagens para o documentário a ser produzido na reedição da epopéia. Aqui no Brasil se juntaram ao grupo o coronel da reserva Hiran Reis e Silva, experiente na navegação em caiaque, embarcação que será utilizada pelo grupo no percurso, e o coronel de infantaria Ivan Carlos Gingri Angonese, que serviu no Comando de Selva e, portanto, é conhecedor dos perigos existentes na Amazônia. 
O objetivo da Expedição Centenária, segundo Marc, é homenagear Roosevelt e Rondon, mas também para ver quais mudanças ambientais ocorreram nestes 100 anos. “Todos os dados coletados serão matéria-prima para o livro e para o documentário”, disse Marc. 
O grupo viaja nas primeiras horas da terça-feira, 21, para a cidade de Cacoal, e de lá seguem rio abaixo até onde o Roosevelt encontra o Rio Aripuanã, já no Estado do Mato Grosso. Segundo o coronel Hiran, o tempo estimado para concluir o percurso é de 21 dias. Bem abaixo dos três meses, tempo que Roosevelt e Rondon levaram para fazer o mesmo percurso em 1914.


Fonte: FS
Postado por: Dimas Ferreira
Autor: Rogério Perucci
Créditos de Fotos: Rogério Perucci