quinta-feira, 21 de junho de 2018

Prefeitura de Rolim de Moura disponibiliza área para descarte de Lixo Verde

secom@rolimdemoura.ro.gov.br

Anexos20 de jun (Há 1 dia)

Prefeitura de Rolim de Moura disponibiliza área para descarte de Lixo Verde


A Prefeitura de Rolim de Moura (RO), por meio da SANEROM (Autarquia de Saneamento Rolim de Moura), disponibilizou para a população do município uma área exclusiva para descarte do lixo verde.



O lixo verde é composto por todos os resíduos resultantes dos processos de remoção ou poda da vegetação. O conceito descreve os restos da arborização e engloba sobretudo os troncos, galhos, cascas de árvores, folhas (secas ou verdes) e flores. Em outras palavras, trata-se do material orgânico originário da flora.



O local escolhido foi o antigo lixão, localizado na linha 188 norte. O horário de atendimento será de segunda à sexta-feira, das 08h às 12 e das 14h às 18h e no sábado das 08h às 12h.



Somente será aceito lixo verde, sendo proibido animais mortos, restos de construção civil e lixo domiciliar.




Texto: Ricardo Barros
Fotos: Everton Liberato

Copa do Mundo: Prefeitura de Rolim de Moura terá horário especial nos jogos do Brasil


secom@rolimdemoura.ro.gov.br

Anexos20:35 (Há 20 horas)

Copa do Mundo: Prefeitura de Rolim de Moura terá horário especial nos jogos do Brasil


A Prefeitura de Rolim de Moura (RO), terá expediente administrativo especial nos jogos da Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo 2018, disputada na Rússia.

Nesta sexta-feira (22/06), a partida do Brasil contra a Costa Rica, acontecerá no período matutino, o expediente nos órgãos da administração pública municipal e suas autarquias terá início a partir das 12h , encerrando as 16h.

Na data do jogo da seleção do Brasil, próxima quarta-feira, (27/06), contra a Sérvia, o expediente ocorrerá pela manhã, das 07h às 13h.

Em caso de classificação da Seleção Brasileira de Futebol para as etapas subsequentes, o expediente será: das 14h às 18h, nos dias uteis em que houver jogos às 10h; e das 7h às 13h, nos dias uteis em que houver jogos às 14h.

Os serviços essenciais  funcionarão normalmente, as unidades de saúde cujas atividades não possam sofrer solução de continuidade, em especial, nos locais em que os servidores prestam serviços em sistema de plantão, devendo as escalas serem mantidas e cumpridas.

Já a Secretaria Municipal de Educação deverá observar as demandas que necessitam de horário de expediente normal, em observância ao calendário letivo, ficando o funcionamento definido em conformidade, a critério de sua titular.

Brasileiro está mais preocupado em ganhar o bolão do que o hexa, diz estudo

O brasileiro tem sofrido com os jogos da Copa e não é por causa do desempenho da Seleção Brasileira. Muitos torcedores estão preocupados com os resultados do bolão, que estão cada vez mais imprevisíveis.
Muitos apostadores estão preenchendo o bolão de olho fechado para ver se acertam algum jogo.
Segundo o torcedor Rodrigo Gomes, está mais difícil acertar uma vitória da Argentina sobre um país com 300 mil habitantes do que o Neymar parar de cair.

SÓ PARA REFLETIR

STF valida delações premiadas negociadas pela Polícia Federal

 Placar do julgamento terminou em 10 votos a 1.

André Richter - Repórter da Agência Brasil 
Publicada em 20 de junho de 2018 às 18:04
STF valida delações premiadas negociadas pela Polícia Federal
Plenário do STF julga validade de delações premiadas negociadas pela PF - Carlos Moura/SCO/STF
Por 10 votos a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou hoje (20) a validade da autorização legal para que delegados das polícias Civil e Federal possam negociar delações premiadas, conforme previsto na Lei de Organizações Criminosas (12.850/2013). Para os ministros, delegados podem usar os depoimentos de colaboração como instrumento de obtenção de provas durante a investigação.
A decisão terá impacto nas delações de investigados na Operação Lava Jato que não conseguiram assinar acordos com a força-tarefa de procuradores do Ministério Público e tentaram acordo com a Polícia Federal, como o publicitário Duda Mendonça e o ex-ministro Antônio Palocci. Com a decisão do STF, a Justiça poderá decidir sobre a homologação dos acordos.
A norma foi questionada no Supremo pela Procuradoria-Geral da República (PGR), em 2016. Na ocasião, o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, alegou que a possibilidade de a PF realizar acordos enfraquece a atribuição exclusiva do Ministério Público (MP) de oferecer denúncia contra criminosos.
A PGR também sustentou que delegados não têm a prerrogativa de oferecer prêmios ao colaborador, uma vez que cabe somente ao Ministério Público o papel de apresentar denúncia contra o criminoso.
O julgamento foi interrompido em dezembro do ano passado, quando o placar estava em 6 a 1 a favor das delações negociadas pelas polícias, mas com divergências. O único ministro que votou contra as delações negociadas pela polícia foi o relator da Lava Jato no Supremo, Edson Fachin. 
Na sessão de hoje, a questão foi definida com os votos dos ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e da presidente, Cármen Lúcia. No entendimento de Mello, a lei definiu que a delação é um meio de obtenção de prova, cabendo ao Judiciário decidir se o acordo pode ser homologado ou não. Segundo o ministro, a colaboração só tem validade após passar pelo crivo de um juiz. 
"A fiscalização de legalidade pelo Poder Judiciário destina-se precisamente a impedir que se ajustem, no plano negocial, cláusulas abusivas e cláusulas ilegais. Na verdade, o acordo de colaboração premiada sem homologação judicial não significa nada.", argumentou.
A ministra Cármen Lúcia disse que o instituto da colaboração “é um prêmio para a cidadania e contra o crime” e tem objetivo de tornar as investigações mais rápidas, principalmente, as que envolvem organizações criminosas. “A colaboração é um negócio jurídico e, dessa forma, apenas uma ferramenta para se chegar a obtenção de provas”, disse.
Durante a tramitação do processo, associações de classe ligadas aos delegados, como a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), discordaram da PGR e consideraram que a tentativa de impedir que delegados possam propor a assinatura de acordos é um retrocesso.

Nota à Imprensa sobre decisão do STF a respeito do senador Ivo Cassol

Nota à Imprensa sobre decisão do STF a respeito do senador Ivo Cassol

"Estou pronto para cumprir a decisão de cabeça erguida, como fiz e faço em toda minha vida política".
Assessoria 
Publicada em 20 de junho de 2018 às 12:45
Muito embora senti que meus direitos não foram atendidos pela justiça, em especial ao disposto no artigo 117 do código penal, especialmente o parágrafo quarto, recebo com altivez a decisão da Suprema Corte na data de hoje (20.06). Estou pronto para cumprir a decisão de cabeça erguida, como fiz e faço em toda minha vida política. Digo isso porque mais uma vez reforço o que TODOS os ministros do STF já disseram: não houve superfaturamento, não houve prejuízo ao erário público nem desvio de verba enquanto era prefeito de Rolim de Moura.
Rondônia 20 de junho de 2018
Ivo Cassol
Senador

Temer veta transposição para servidores do TJ, MP, TCE, Assembleia e Câmara de Vereadores de Rondônia

Lei regulamenta situação de servidores dos ex-territórios.
Agência Senado 
Publicada em 19 de junho de 2018 às 13:31
Temer veta transposição para servidores do TJ, MP, TCE, Assembleia e Câmara de Vereadores de Rondônia
Foi sancionada a Lei 13.681/2018, que regulamenta a inclusão de servidores de ex-territórios nos quadros da União. O presidente da República, no entanto, vetou quatro trechos do texto, um deles o que transferia diversas categorias de servidores.
O texto é decorrente do Projeto de Lei de Conversão 7/2018, fruto da Medida Provisória (MP) 817/2018, aprovado pelo Senado no último dia 28.
A nova lei disciplina a transposição aos quadros em extinção da União de servidores, empregados e pessoas cujo vínculo com os ex-territórios possa ser comprovado. O texto regulamenta as Emendas Constitucionais 19, 60 e 98 e incorpora o texto de outras leis, revogadas pela MP. São beneficiados servidores ativos ou não dos estados do Amapá, Rondônia e Roraima. Todos os que satisfizerem os requisitos de enquadramento detalhados no projeto e optarem pela inclusão farão parte de um quadro em extinção, cujas vagas terão fim após sua aposentadoria. Esses servidores e empregados poderão ser cedidos pelo governo federal aos governos estaduais e municipais dos ex-territórios.

Categorias não contempladas

Depois de consultar os Ministérios da Fazenda e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Michel Temer vetou a transposição das seguintes categorias: policiais militares e servidores alcançados pelo artigo 36 da Lei Complementar 41/1981, ou que tenham sido admitidos nos quadros do estado de Rondônia até a data de posse do primeiro governador eleito, em 1987. Também ficaram de fora os servidores da Secretaria de Segurança Pública do Amapá que ingressaram por conta do Decreto 1.266/1993, além de servidores dos três ex-territórios que compunham os quadros do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, do Tribunal de Contas, da Assembleia Legislativa ou Câmara de Vereadores.
De acordo com Temer na razão para os vetos, os dispositivos vetados poderiam aumentar o rol de servidores “em quantitativo desconhecido”, onerando o Tesouro Nacional sem previsão na lei de orçamento. “Ademais, importam ampliação do alcance do texto Constitucional, ao incluir empresas públicas e sociedades de economia mista sem previsão constitucional”, alegou.
Foram vetados ainda três outros trechos da nova lei.

Territórios

Até 1988, os antigos territórios federais do Amapá, Rondônia e Roraima eram administrados diretamente pelo governo federal. Com a Constituição de 1988, os territórios foram extintos e os antigos servidores civis e militares foram incorporados aos novos estados e municípios, em um processo que criou inúmeros conflitos.
Agência Senado

Deputado Luiz Cláudio é homenageado em Brasília pelo Hospital de Amor de Barretos

Deputado Luiz Cláudio é homenageado em Brasília pelo Hospital de Amor de Barretos
Fonte: Rondonotícias 
Publicada em 20 de junho de 2018 às 13:01
Brasília, DF - O deputado federal Luiz Cláudio (PR), foi homenageado na manhã de hoje (20) em café da manhã na Câmara dos Deputados, pela direção nacional do Hospital de Amor de Barretos, por seu apoio à unidade em Porto Velho. No ano de 2017 Luiz Cláudio destinou emenda no valor de R$ 659.769,00 (seiscentos e cinquenta e nove milhões e setecentos e sessenta e nove mil reais).
O diretor do hospital, Henrique Prata, fez questão de elogiar a atuação do parlamentar, como sendo “um grande amigo” que ajudou a salvar milhares de vida dos pacientes que, na maioria das vezes não tem condições de se deslocar até Barretos para o atendimento devido.
Henrique Prata ressaltou, inclusive, que com os aportes recebidos, tem conseguido aparelhar o hospital em Rondônia com o que de melhor existe na área. O ‘Hospital de Amor Amazônia’ está atendendo mais de 13 mil pacientes da Região Norte por mês, que deixarão de percorrer três mil quilômetros em busca de atendimentos em Barretos para realiza-los em Porto Velho (RO). Levamos para Rondônia o mesmo atendimento de qualidade e dignidade oferecido pela nossa instituição em São Paulo”, afirmou o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata.
O deputado Luiz Cláudio se disse feliz em poder contribuir com o hospital, ressalvando que uma das premissas cristãs é dar assistência e apoio a quem precisa, e através desse apoio ao hospital, tem certeza que está ajudando a minimizar o sofrimento de milhares de famílias que precisam de uma estrutura como a do Hospital de Amor.

quarta-feira, 20 de junho de 2018


Soneto 54

 

Ó, muito mais linda parece a beleza
Docemente ornada pela verdade!
A rosa é linda, mas a julgamos ainda mais bela
Pelo suave odor que exala.
As rosas silvestres têm o mesmo tom
Que as rosas perfumadas e coloridas,
Presas a seus espinhos, e brincam, voluptuosas,
Quando o hálito do verão as abre em botão;
Mas, como a aparência é sua única virtude,
Vivem esquecidas, e murcham abandonadas –
Morrendo solitárias. Doces rosas não fenecem;
De suas ternas mortes exalam os mais doces perfumes,
Assim como de ti, linda e amável donzela,
Ao feneceres, tua verdade destilará nos versos.
William Shakespeare

CIRO GOMES É O PRESIDENCIÁVEL MELHOR AVALIADO PELO MERCADO FINANCEIRO


Ciro Gomes (PDT) é o melhor avaliado pelo mercado financeiro entre os pré-candidatos que disputarão a Presidência da República no pleito eleitoral deste ano. Pela avaliação, Ciro seria o melhor, por ter experiência como gestor público – ex-prefeito de Fortaleza e ex-governador do Ceará, tendo ocupado, inclusive, o Ministro da Fazenda (Governo Itamar Franco).

Já a ex-senadora Marina Silva, foi avaliada como uma candidata frágil, e com pouca expressão nacional.

Jair Bolsonaro, que também está na disputa, de acordo com o mercado, não convence a maioria dos brasileiros pelos inúmeros mandatos considerados fracos na Câmara dos Deputados.



Da Agência Reuters

Colocar a Previdência em ordem é arrumar o Brasil

terça-feira, 19 de junho de 2018

Nosso porto

 

HILDA HILST

Há uma paisagem sem cor dentro de mim.
Vejo-a tão perto e tão esplêndida...
súbita luz, nave dourada, espelho,
e transformando-se em névoa
intacta submerge.

Sem dúvida, meu amigo, a ilha
seria nosso porto.
E depois dela viria o monólogo
e a certeza das coisas impossíveis.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Friedenreich

  
Artur Friedenreich

Em 1919, o Brasil venceu o Uruguai por 1 a 0 e se sagrou campeão sul-americano. O povo se lançou às ruas do Rio de Janeiro. Presidia os festejos, levantada como um estandarte, uma barrenta chuteira, com um cartazinho que proclamava: O glorioso pé de Friedenreich. No dia seguinte, aquela chuteira que tinha feito o gol da vitória foi parar na vitrina de uma joalheria, no centro da cidade.
Artur Friedenreich, filho de um alemão e de uma lavadeira negra, jogou na primeira divisão durante 26 anos, e nunca recebeu um centavo. Ninguém fez mais gols que ele na história do futebol. Fez mais gols que o outro grande artilheiro, Pelé, também brasileiro, que foi o maior goleador do futebol profissional. Friedenreich somou 1.329 gols. Pelé, 1.279.
Este mulato de olhos verdes fundou o modo brasileiro de jogar. Rompeu com os manuais ingleses: ele, ou o diabo que se metia pela planta de seu pé. Friedenreich levou ao solene estádio dos brancos a irreverência dos rapazes cor de café que se divertiam disputando uma bola de trapos nos subúrbios. Assim nasceu um estilo, aberto a fantasia, que prefere o prazer ao resultado. De Friedenreich em diante, o futebol brasileiro que é brasileiro de verdade não tem ângulos retos, do mesmo jeito que as montanhas do Rio de Janeiro e os edifícios de Oscar Niemeyer.
Eduardo Galeano, in Futebol ao sol e à sombra

Rolim de Moura - Nota de pesar; Manoel Pinheiro Pereira

É com imensa tristeza que anunciamos o falecimento Manoel Pinheiro Pereira, 
popular Baiano, neste domingo (17/06), em Rolim de Moura (RO), vítima de infarto.

Baiano, é irmão da Dilma servidora pública municipal lotada na Casa da 
Criança, do Fernando Pinheiro e esposo da professora Sirlene que trabalha na 
Escola Municipal Dionísio Quintino.

O velório está acontecendo na Capela Mortuária na rua Barão de Melgaço próximo
 ao
 Cemitério Municipal.


Em nome de todos os servidores deste município e do Prefeito Luiz Ademir Schock,
 o desejo de conforto à família enlutada e a certeza de que a memória deste grande
 homem jamais será apagada da história desta cidade.

Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda

 que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente."
João 11:25-26


Rolim de Moura - RO 17 de junho de 2018.

domingo, 17 de junho de 2018

PMDB, PT e PSDB receberão maior parte das verbas de Fundo Especial.


Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil
Publicada em 16 de junho de 2018 às 10:41
Partidos receberão R$ 1,7 bilhão para campanha eleitoral, diz TSE
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou ontem (15) que o montante total do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) será de R$ 1,716 bilhão. Criado no ano passado para regulamentar o repasse de recursos públicos entre as legendas, o fundo será repartido entre os diretórios nacionais dos 35 partidos com registro no TSE, em conformidade com as regras de distribuição estabelecidas na Resolução nº 23.568/2018, aprovada pela Corte Eleitoral no fim de maio.
Pelas regras, 98% do montante serão divididos de forma proporcional entre os partidos, levando em conta o número de representantes no Congresso Nacional (Câmara e Senado). Isso significa que as siglas que elegeram o maior número de parlamentares em 2014 e aquelas que seguem mantendo o maior número de cadeiras legislativas receberão mais recursos, com destaque para PMDB, PT e PSDB, que vão contar com cotas de R$ 234,2 milhões, R$ 212,2 milhões e R$ 185,8 milhões, respectivamente. Em seguida, aparecem o PP (R$ 131 milhões) e o PSB (R$ 118 milhões) entre as legendas beneficiadas com as maiores fatias.  
Apenas os 2% restantes (R$ 34,2 milhões) serão repartidos igualmente entre os partidos com registro no TSE, independentemente de haver ou não representação no Congresso. Nesse caso, os partidos que não contam com nenhum parlamentar no Legislativo federal receberão a quantia de mínima de R$ 980,6 mil do fundo eleitoral. 
Essas serão as primeiras eleições gerais do país na vigência da proibição de doação financeira de empresas a candidatos e partidos políticos, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), tomada em 2015. Por causa disso, os recursos do Fundo Eleitoral representam a principal fonte de financiamento da campanha.  
De acordo como o TSE, os recursos do fundo somente serão disponibilizados às legendas após a definição dos critérios para a sua distribuição interna dentro dos partidos, que devem ser aprovados, em reunião, pela maioria absoluta dos membros dos diretórios nacionais. Tais critérios devem prever a obrigação de aplicação mínima de 30% do total recebido do fundo para o custeio da campanha eleitoral de mulheres candidatas  pelo partido ou coligação. Os maiores partidos ainda não definiram de que forma vão dividir os recursos do fundo eleitoral entre os seus candidatos. 
Em seguida, os órgãos nacionais das legendas devem encaminhar ofício ao TSE indicando os critérios fixados para a distribuição do fundo. O documento deve estar acompanhado da ata da reunião que definiu os parâmetros, com reconhecimento de firma em cartório, de prova material de ampla divulgação dos critérios de distribuição, e da indicação dos dados bancários da conta corrente aberta exclusivamente para a movimentação dos recursos.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Deborah Secco posa nua com marido para revista e faz revelações

 
IstoÉ Gente
Hugo Moura, Maria Flor e Deborah Secco 

A atriz Deborah Secco e o maridos Hugo Moura foram os escolhidos para estampar a capa deste mês da revista Trip. Na publicação, ela falou um pouco sobre ter um pacto de exclusividade no relacionamento.

“Nunca pensei em ser monogâmica. Senti que precisava contar para ele quem eu era. Sempre fiz aquele papel de: ‘Não fui tão piranha assim’. Mas para ele eu falei: ‘Cara, olha, eu dei muito, sim, saí com mulher, sim, e é essa a minha vida. Eu te amo, sou uma pessoa massa e estou a fim de ter uma família'”.

No Dia dos Namorados, Hugo Moura aproveitou para publicar uma foto ao lado de Deborah Secco. O relacionamento deles gerou um fruto, Maria Flor, de 2 anos e seis meses.

Atualmente, eles estão trabalhando juntos. Isso porque, ambos estão no elenco da novela ‘Segundo Sol’, ela interpreta a vilã Karola, enquanto ele vive o garoto de programa Robinho.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Brasil deixou de ser o país do futebol, diz estudo

torcida.jpg

A reputação do Brasil como o país com o maior número de fãs de futebol foi contestada em uma pesquisa divulgada na terça-feira 12. De acordo com o levantamento, apenas 60% dos brasileiros demonstram interesse pelo esporte mais popular do planeta.
Os Emirados Árabes Unidos lideram o ranking dos países com maior percentual de aficionados do esporte (80%), seguidos da Tailândia (78%), Chile, Portugal e Turquia (todos com 75%). O Brasil ocupa a modesta 13ª colocação.
O levantamento foi realizado pela empresa de informação, dados e medições Nielsen Sports, que estabeleceu um ranking com 30 países de acordo com a porcentagem da população que se diz interessada em futebol.
O Brasil demonstrou uma queda significativa desde 2013, quando chegou a registrar 72% de interessados. Esse percentual foi registrado um ano antes de o País sediar a Copa do Mundo, quando acabou sendo eliminado de forma amarga na semifinal, ao perder de 7 a 1 da Alemanha.
Segundo o estudo, o interesse dos brasileiros pelo esporte é instável, e o comparecimento aos jogos varia muito, dependendo do desempenho das equipes e se elas estão em momentos decisivos das competições.
Outros fatores citados pela pesquisa que influenciam a ida dos torcedores aos estádios são os horários das partidas e as condições meteorológicas. Na última temporada, o campeonato brasileiro teve publico médio de 16.418 espectadores.
A pesquisa registra um crescimento da popularidade do futebol em países como China (de 27% em 2013 para 32% em 2017), Índia (de 30% para 45%) e Estados Unidos (de 28% para 32%). O Reino Unido, apesar de abrigar a famosa Premier League, está apenas na 17ª posição do ranking da Nielsen.
Redes sociais
Segundo o levantamento, o jogador do Real Madrid e da seleção de Portugal Cristiano Ronaldo domina as redes sociais, bem à frente de seu principal rival, o argentino Lionel Messi.
Os 570 milhões de interações nos perfis do craque português no Facebook, Twitter e Instagram nos primeiros cinco meses do ano foram bem superiores aos números de Neymar, com 294 milhões, e Messi, com 201 milhões.
O relatório avalia que as interações nas redes sociais, ao contrário do número de seguidores, são essenciais para a compreensão do valor de um perfil, demonstrando quantas pessoas interagiram com uma determinada conta e fornecendo uma ideia mais clara sobre o impacto e a influência de um grupo ou indivíduo.
O zagueiro do Real Madrid e da seleção espanhola Sergio Ramos, aparece em quarto lugar, com 158 milhões de interações, à frente do egípcio Mohamed Salah (105,3 milhões).
No que diz respeito aos seguidores nas redes sociais, Cristiano Ronaldo também lidera, com 322,8 milhões no Twitter, Instagram e Facebook, enquanto Neymar tem 194,2 milhões, e Messi, 181,9 milhões.

Satânia

 

CASTRO ALVES

Nua, de pé, solto o cabelo às costas,
Sorri na alcova perfumada e quente,
Pela janela, como um rio enorme
De áureas ondas tranqüilas e impalpáveis,
Profusamente a luz do meio-dia
Entra e se espalha palpitante e viva.
Entra, parte-se em feixes rutilantes,
Aviva as cores das tapeçarias,
Doura os espelhos e os cristais inflama.
Depois, tremendo, como a arfar, desliza
Pelo chão, desenrola-se, e, mais leve,
Como uma vaga preguiçosa e lenta,
Vem lhe beijar a pequenina ponta
Do pequenino pé macio e branco.
Sobe... cinge-lhe a perna longamente;
Sobe... – e que volta sensual descreve
Para abranger todo o quadril! – prossegue.
Lambe-lhe o ventre, abraça-lhe a cintura,
Morde-lhe os bicos túmidos dos seios,
Corre-lhe a espádua, espia-lhe o recôncavo
Da axila, acende-lhe o coral da boca,
E antes de se ir perder na escura noite,
Na densa noite dos cabelos negros,
Pára confusa, a palpitar, diante
Da luz mais bela dos seus grandes olhos.

Entenda a diferença entre as doses padrão e fracionada da vacina da febre amarela



Milhões de brasileiros já foram vacinados contra a febre amarela e receberam a dose fracionada, que é considerada tão segura e eficaz quanto a dose padrão, segundo especialistas. No entanto, ainda gera dúvidas em muitas pessoas.
A dose fracionada é uma parte da dose padrão da vacina da febre amarela e confere proteção similar. A diferença entre as duas está na dosagem e no tempo de proteção.
Na dose padrão é aplicado 0,5 ml da vacina da febre amarela e a proteção é para toda a vida. Já na dose fracionada é aplicado 0,1 ml e tem duração de pelo menos 8 anos.
Segundo o Ministério da Saúde, "estudos recentes de duração da imunidade com a
vacina de febre amarela de Bio-Manguinhos/Fiocruz sustenta a proteção similar à
dose padrão e dão suporte à proposta de fracionamento da dose da vacina".
As crianças com menos de 2 anos de idade, no entanto, devem receber uma dose padrão. Assim como as pessoas que irão viajar para países para que exijam o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) para entrada no país.
Para alguns grupos, a vacina é contraindicada. São eles:
  • Pessoas com alergia grave ao ovo;
  • Portadores de doença autoimune;
  • Pacientes em tratamento com quimioterapia ou radioterapia;
  • Crianças menores de nove meses de idade;
  • Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses de idade;
  • Pessoas que vivem com HIV e tem contagem de células CD4 menor que 350.
Para essas pessoas, a prevenção pode ser feita com uso de repelentes e roupas de
manga comprida, além de evitar locais com evidência de circulação do vírus.
Com a concentração ideal de icaridina em sua fórmula, fullREPEL é o repelente que oferece até 12 horas de proteção contra todos os mosquitos, inclusive o Aedes aegypti
que transmite a denguefebre chikungunyazika vírus e febre amarela.
O repelente fullREPEL tem fácil aplicação e não deixa a sua pele oleosa. Disponível
para adultos e crianças, não deixe de levá-lo para todos os lugares. Para mais
 informações, acesse a nossa rede social. Máxima proteção não custa caro.